Telemóveis smartphones

Telemóveis smartphones

Escolha o telemóvel que melhor se adapta às suas preferências e necessidades de utilização. Encontre um smartphone de gama alta com a melhor câmara para tirar fotografia profissional, um smartphone de gama média com funções poderosas a preços incríveis, telemóveis gaming para jogar, smartphones baratos para funções básicas, smartphones ultra resistentes para trabalhadores, telemóveis com botões para o idosos... E um longo etc. Várias marcas e modelos estão disponíveis! Adicione à sua encomenda os acessórios para smartphone que precisa e proteja o seu telemóvel com a capa e protetor que mais goste.

ordenado por
Marcas
Preço
Bateria
Conectividade
Memória Interna
NFC
RAM
Tamanho da Ecrã
Tipo

Que smartphone comprar?

Ninguém lhe culpará se estiver perdido entre tantos smartphones e não souber qual telemóvel comprar, é por isso que na Powerplanetonline vamos tentar facilitar ao máximo para que saiba qual se adapta melhor às suas necessidades.

Para começar, o que deve levar em conta na hora de escolher um telemóvel é o ecrã, câmara, configuração de memória e bateria, embora outras também sejam significativas. Nas seções a seguir, vamos dar mais detalhes das principais características dos smartphones.

As gamas que estão divididos os smartphones

A primeira coisa que vamos fazer é designar as 3 gamas dos smartphones:

  • Smartphones de gama alta: para considerar um telemóvel como gama alta, deve ter especificações poderosas que permitem fazer praticamente tudo, mas, além disso, com uma câmara quase profissional, acabamentos não polidos, um design fabuloso e uma resolução de ecrã por encima do Full HD. Estes smarpthones têm um preço alto e são especialmente para aqueles que o usam tanto no básico (ler e-mails, modificar ficheiros, Whatsapp, fazer chamadas etc.) como para um uso mais profissional (fotos de alta qualidade, sem a necessidade de carregue uma câmara reflex, por exemplo) ou para executar jogos com gráficos poderosos, ver vídeos locais e de streaming etc.
  • Smartphone de gama média: os da gama média são muito semelhantes aos da gama alta em termos de desempenho, embora seja mais barato. O design geralmente não é tão impressionante e as câmaras têm menos resolução, mas as especificações estão muito cuidadas para ter o melhor desempenho. Com eles, também pode usá-los para todas as funções básicas (verificar e-mail, ler, ouvir música, modificar ficheiros, usar Whatsapp, fazer chamadas etc.), mas também para executar jogos com gráficos poderosos, ver vídeos locais e de streaming etc.
  • Smartphone de gama baixa: por último, se quiser comprar um telemóvel barato, esta é a sua secção. A gama baixa do dual sim é especialmente para as pessoas que querem gastar pouco num telemóvel. Com este tipo de telemóveis económicos, poderá executar tarefas básicas facilmente, como verificar e-mail, ler, ouvir música, modificar arquivos, usar o WhatsApp, fazer chamadas etc.

Ecrã

O ecrã é um dos elementos que devemos prestar muita atenção, começando pelo seu tamanho. Os mais comuns hoje são os telemóvel com uma diagonal de 6,5 polegadas, com designs de ecrã grande quase sem marcas de notch e margens muito finas.

E lembre-se: quanto maior é o ecrã, maior deve ser a sua resolução, sendo comum o Full HD+ para a gama média e QHD+ para a alta. Embora seja mais importante observar a densidade de pixels (ppi). É recomendando que seja pelo menos 350 pixels por polegada.

Outro ponto a ser destacado é o tipo de painel. O mais comum entre as gamas baixa e média é o LCD, enquanto os top de gama costumam ter ecrãs com tecnologia AMOLED. Estes ecrãs utilizam materiais orgânicos que emitem luz quando a eletricidade é aplicada, permitindo, desta forma, mostrar imagens muito mais brilhantes, nítidas e eficientes do que outros.

Outra das tendências atuais nos ecrãs de nível mais alto é aumentar a taxa de atualização para 120 Hz, o que se traduz numa experiência visual mais suave tanto nos jogos como na navegação nas nossas redes sociais.

Câmara

Como dissemos antes, a fotografia é uma das áreas diferenciais entre as diferentes gamas de telemóveis, sendo a câmara quádrupla quase uma norma entre a gama média. Esta variedade de sensores permite que o nosso smartphone se adapte a diferentes situações e cenários, com lentes macro que permitem focar a poucos centímetros para captar pequenos detalhes, sensores com ultra grande angular para aumentar o campo de visão, lentes de profundidade para adicionar um efeito natural desfocado nos fundos e sensores principais com um número muito alto de pixels.

Claro, o número de pixels e de câmaras não é tudo o que importa. Na verdade, é a fotografia computacional, através da inteligência artificial, o que realmente permite que o nosso smartphone funcione incrível em situações complicadas. Por este motivo, as marcas mais bem posicionadas em termos de qualidade de imagem são Google, Huawei e Apple, pois melhoram muito o software das suas câmaras.

Processador

Outro parâmetro que deve levar em conta antes de escolher um smartphone é o processador, que é como o “cérebro” do aparelho e uma peça fundamental no seu desempenho. Começamos por verificar o número de núcleos que integra: o ideal deve ser 8 núcleos ou mais, embora para um uso básico possamos comprar um telemóvel quad-core.

No campo dos telemóveis Android, o vencedor ainda é a Qualcomm Snapdragon, a marca de processadores com a qual a MediaTek não consegue competir em termos de potência, especialmente na gama alta. Por outro lado, a Samsung desenvolve o seu próprio chip Exynos, e a Huawei faz o mesmo com o seu Kirin, duas alternativas semelhantes em termos de potência e características ao Snapdragon.

Quanto ao iPhone, os seus chips AX são os mais potentes do mercado de acordo com testes sintéticos.

Memória RAM

Mas nem sempre um telemóvel com mais núcleos e mais GHz será o mais rápido, pois a memória RAM também tem muito a ver. Este é o espaço de trabalho no qual o processador vai dar suporte ao abrir e executar aplicações.

Para um uso básico, poderíamos ter 3 GB, mas é recomendável que tenha 6 GB ou mais se queremos usar aplicações muito pesadas ​​ou ter várias aplicações abertas ao mesmo tempo.

Capacidade de armazenamento

Além disso, outra coisa a ter em mente para comprar um telemóvel novo é a sua capacidade de armazenamento. Se vai comprar um dispositivo para dar um uso básico, o ideal é que tenha pelo menos 16 GB ou 32 GB, levando em conta também que parte desta memória será ocupada pelo sistema operacional e que certamente será um pouco menos. Veja se integra um slot micro SD, pois assim poderá guardar todas as suas imagens e ficheiros e deixar a memória do telemóvel livre para aplicações, embora a tendência seja eliminar gradualmente esta função. Para telemóveis de gama média e alta, é recomendável ter uma memória de 128 GB ou superior.

Bateria

Independentemente da gama do telemóvel, é recomendável que a bateria seja pelo menos de 4000 mAh, um ponto de partida bastante comum que pode permitir durar um dia de uso sem problemas. Se é um usuário exigente em termos de jogos, chamadas, séries e redes sociais, a autonomia é um ponto importante a levar em conta, mas mais do que olhar os miliamperes, devemos prestar atenção à duração real através de experiências de uso. Porque igual de importante para prolongar a autonomia são os principais componentes do terminal, como o processador e o ecrã, que estão a ser cada vez mais construídos para serem mais eficientes.

Aliás, esta alta amperagem também torna muito necessário a inclusão de alguma tecnologia para o carregamento rápido. Neste sentido, o Qualcomm Quick Charge é o mais popular, embora existam outros tipos, como o Super VOOC da OPPO, o Warp Charge 30T da OnePlus ou o SuperCharge da Huawei.

Sistemas operacionais

Também é muito importante antes de comprar um smartphone saber o sistema operacional que tem. Para escolher o sistema operacional adequado devemos pensar primeiro na possível sincronização de outros dispositivos, e por tanto, na compatibilidade com o seu futuro telemóvel. Por outro lado, todos os SO de telemóvel têm pontos positivos e pontos negativos. Vamos contar-lhe a continuação:

  • iOS: é o sistema operacional da iPhone com muito boa integração e optimiza ao máximo o desempenho do telemóvel. Possui um extenso catálogo de aplicações e uma interface fácil e intuitiva. A parte negativa é que terá que usar iTunes para executar conteúdo local, além de que não é totalmente compatível com alguns dispositivos Android tipo smartwatch ou smartband. No entanto, se já tem um Mac ou um iPad é a opção mais recomendável para si.
  • Android: é o sistema operacional mais utilizado, pois oferece maiores possibilidades de personalização. A maioria das marcas adicionam funções ou interfaces próprias e é compatível com a maioria dos dispositivos, além do preço geralmente ser mais baixo do que o de um iOS. Há uma ampla oferta de telemóveis Android, alguns dos telemóveis Android mais procurados são os telemóveis Xiaomi.
  • EMUI: dentro do Android também encontramos o EMUI, o sistema operacional da Huawei. É uma camada de personalização num Android puro, incluindo mudanças no design, aplicações e serviços. A parte negativa é que não integra os serviços do Google, embora tenha a sua própria loja de aplicações APPGallery e Huawei Mobile Services (HMS).

Outras características importantes

Embora a conectividade 5G esteja em desenvolvimento, já existem muitos modelos que a têm. E não só os de gama alta, mas também os de gama média. São uma boa opção se deseja ter acesso à conexão do futuro!

Outra funcionalidade importante é o NFC, uma função essencial se queremos fazer pagamentos sem contato com o nosso telemóvel.

Além disso, se usar o seu telemóvel para desfrutar de conteúdo multimédia e jogos, certifique-se de que inclui pelo menos 2 altifalantes estéreo. Alguns modelos de última geração suportam até Dolby Atmos e o algoritmo de compressão de áudio aptX para uma experiência de audição mais nítida e incrível.

Se o telemóvel não tiver estas tecnologias, não se preocupe porque o mais normal é que conecte uns ótimos auriculares, especialmente os sem fio para maior conforto.

Telemóveis rugged e telemóveis com botões

Embora possa estar à procura de algo mais específico, como um telemóvel rugged ou robusto. O design destes telemóveis é ultra resistente e estão preparados para enfrentar água, pó, golpes, temperaturas extremas e muito mais. A maioria têm certificações IP68/IP69K e padrão militar 810G, tornando-os ideais para usar em ambientes agressivos, como indústria, construção ou desporto de aventura.

Por último, se procura algo completamente básico, com um uso fácil e intuitivo, o melhor será um telemóvel com botões. Os clássicos de sempre! Nesta seção, destacam os telemóveis da Nokia.

Minha compra
0 Produtos
Seu carrinho está vazio
Total
0,00
Pagar